Club de
Pato Branco

Projetos

Confira os projetos idealizados pelo Rotary Club de Pato Branco.
Filtrar por:

DIAGNOSTICANDO PARA EDUCAR

De acordo com a ONU, pessoa com deficiência é aquela que tem impedimentos de natureza física, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diverass barreiras, podemobstruir sua participação plena e efetiva na sociedade com as demais pessoas.  No caso de um estudante com deficiência, as barreiras que podem impedir sua escolarização e participação plena localizam-se no espaço escolar. O atendimento educacional especializado, é um conjunto de atividades, recursos pedagógicos e de acessibilidade, oferecidos de forma complementar ou suplementar à escolarização dos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação matriculados  nas classe comuns do ensino regular. Este conjunto de atividades, registradas no Projeto Político Pedagógico de cada escola, é realizado individualmente ou em pequenos grupos, em turno contrário ao da escolarização. Já as salas de recurso multifuncional são espaços onde o professor  regente com formação continuada em Educação Especial realiza o Atendimento Educacional Especializado-AEE. Constituem-se de mobiliários, materiais didáticos, recursos pedagógicos de acessibilidade e equipamentos específicos . Por se tratar de comunidade localizada na perferia da cidade de Pato Branco, este projeto proporcionaráa a inclusão social e desenvolvimento humano digno aos alunos atendidos por ele.

Postado em de de por Rotary Club de Pato Branco

Surpresas e Marteladas

Esse projeto , objetiva oferecer aos recuperandos (presos) do regime fechado da APAC de Pato Branco , que é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que se dedica à recuperação e reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade, visa oferecer a instalação de uma mini marcenaria, um espaço destinado à habilitação, profissionalização, inclusão ocupacional e desenvolvimento humano e social, num projeto sustentável dos recuperandos (presos)em regime fechado, ou seja, privados de liberdade. A laborterapia objetiva ainda trabalhar seus sentimentos (mágoas, orgulho, afetividade, frustração, perda, raiva, amor, etc), como também colabora para a aceitação de limites e regras, ter disciplina e perceber suas responsabilidades, assimilar a ajuda mútua e desenvolver a percepção e preocupação com o outro, enfim, o projeto visa transformá-los em cidadãos capazes de no futuro prover  seus próprios recursos.

Postado em de de por Rotary Club de Pato Branco

Reuniões Terças-Feiras | 20:00
FURP - RUA FELIPE CAMARÃO,180 Cep: 85504-650